Pianowski - Cirurgia Plástica

Soft Lift

envelhecimento da pele é um processo natural que ocorre no corpo de qualquer mortal. Já sabemos que isso é algo que não podemos evitar, mas com toda a tecnologia atual, amenizar os sintomas e retardar o processo é algo cada vez mais presente.

A busca pela perfeição e por tratamentos cada vez menos dolorosos abriram as portas para novos conceitos na medicina estética que, sem dúvida, são parte de uma revolução sem igual na beleza. 

O conceito SOFT LIFT é super novo no mercado da beleza e alcançou um ponto de evolução que nenhum outro conceito havia chegado até o momento, combinando a famosa toxina botulínica tipo A com preenchimento por meio de ácido hialurônico em uma só tacada.

A vantagem é que, ao invés de fazer vários tratamentos para alcançar o resultado esperado, o Soft Lift permite em uma aplicação tratamentos distintos, mas que se complementam. "Este novo conceito permite trabalhar simultaneamente os múltiplos sinais de rejuvenescimento em um único procedimento, resultando em uma aparência mais leve, natural e rejuvenescida.

O procedimento funciona assim: primeiramente é feita a aplicação com a toxina botulínica, visando o relaxamento da musculatura. Depois é feita a modelagem da expressão, com o objetivo de preencher áreas que necessitam de mais volume, além de suavizar as linhas de expressão e sulcos criados por rugas. "Como combina duas técnicas em um único procedimento, o resultado é mais efetivo, natural e duradouro.


A abordagem é tridimensional: a toxina botulinica (BOTOX) promove relaxamento da musculatura facial, com descanso da pele e das rugas dinâmicas;  o JUVEDERM  (ac hialuronico cujo tamanho das particulas é mais adequado para regioes mais superficiais e delicadas) preenche as rugas estáticas mais superficiais/medias e redefine os contornos da face e dos labios. E finalmente, a reposição do volume facial perdido pelo envelhecimento com o acido hialuronico de grandes particulas (VOLUMA) nas areas mais profundas.